Risco de Crédito

3.1. O gerenciamento de risco de crédito da cooperativa, objetiva garantir a aderência às normas vigentes, maximizar o uso do capital e minimizar os riscos envolvidos nos negócios de crédito por meio das boas práticas de gestão de riscos.

3.2. Conforme o artigo 9¬ļ da Resolu√ß√£o CMN n¬ļ 3.721/2009, a cooperativa aderiu √† estrutura √ļnica de gest√£o do risco de cr√©dito do Sicoob, centralizada no Banco Cooperativo do Brasil S.A. (Bancoob), a qual se encontra evidenciada em relat√≥rio dispon√≠vel no s√≠tio www.sicoob.com.br.

3.3. Compete ao gestor a padroniza√ß√£o de processos, de metodologias de an√°lises de risco de clientes e de opera√ß√Ķes, de cria√ß√£o e de manuten√ß√£o de pol√≠tica √ļnica de risco de cr√©dito para o Sicoob, al√©m do monitoramento das carteiras de cr√©dito das cooperativas.

3.4. N√£o obstante a centraliza√ß√£o do gerenciamento de risco de cr√©dito, a cooperativa possui estrutura compat√≠vel com a natureza das opera√ß√Ķes, a complexidade dos produtos e servi√ßos oferecidos, sendo proporcional √† dimens√£o da exposi√ß√£o ao risco de cr√©dito da entidade.